* Multilingual Content *

Entenda como funciona a avaliação das soluções | Campanha de Soluções Inovadoras

16-May-2019

 

 

A campanha de soluções que visa difundir iniciativas alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na Plataforma de Soluções da SDSN-Amazônia,  segue até 31 de maio. A plataforma visa dar vazão a projetos inovadores, tecnologias inovadoras, pesquisa, modelos de negócios, mecanismos institucionais, modelos de educação, instrumentos políticos ou uma combinação dos mesmos, que tenham impacto transformador sobre o desenvolvimento sustentável da região amazônica propostos por organizações públicas, sociedade civil, universidades, institutos de pesquisa e organizações não governamentais. A plataforma da SDSN-Amazônia é online, georreferenciada e trilíngue (Português, Espanhol e Inglês). Para ser considerada uma ‘solução’, esta deve abordar um problema específico e ser prática, escalável, demonstrável e impactante. As soluções devem estar em processo de implementação ou ter sido implementadas. Não são aceitas ideias ou conceptualizações superficiais nem soluções em processo de patente ou patenteadas.

 

O processo da seleção de cada solução será realizada em duas etapas, sendo a primeira  etapa a avaliação por um comitê avaliador independente composto por consultores ad hoc que seleciona as cinco (5) melhores soluções.  A segunda etapa é a avaliação das cinco melhores soluções por meio de vídeos de no mínimo 2 ou no máximo 3 minutos que serão realizados pelos proponentes explicando a solução e como contribui com o alcance de algum dos ODS na região Amazônica. A exibição dos vídeos  e a avaliação dos mesmos será realizada no dia da premiação pelo Comitê Técnico-Científico da Plataforma de Soluções e por pessoas convidadas ligadas ao desenvolvimento sustentável da bacia Amazônica. A avaliação se dará mediante pontuação, representada pelo somatório dos critérios, numa escala de 1, sendo o menor valor, a 3, valor máximo. Os critérios de avaliação nas duas etapas serão as seguintes: relevância, caráter inovador, viabilidade financeira, escalabilidade, impacto atual ou potencial e aderência aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

 

A  avaliação  de cada solução será  liderada pelo Comitê  Técnico-Científico da Plataforma  de Soluções composto pelos pesquisadores Dr. Adalberto Luis Val (INPA, Brasil), Dr. Manuel  Martín Brañas (pesquisador do IIAP, Peru), também integram o comitê Marco Ehrlich (Vice-Diretor  de Ciência e Tecnologia do SINCHI, Colômbia), Denis Minev (Bemol CEO, Brasil) e Juan Fernando Reyes  (Diretor Executivo da ONG Herencia, Bolívia). Para mais informações sobre o processo de avaliação leia o regulamento. As soluções podem ser submetidas via formulário disponíveis em três idiomas (Português, Inglês e Espanhol).

 

Espanhol: https://forms.gle/hb5PT6vHR8zecuer9

Português: https://forms.gle/9QeHBMxT5EGVyeTX7

Inglês: https://forms.gle/uUne54gYSi3Z7TUM6

 

 

 

 

 

Please reload

CATEGORIAS
Please reload

ANTIGOS
Please reload